Taquicardia: Palpitação entenda o que é e como tratar

Taquicardia: Palpitação entenda o que é e como tratar

Provavelmente você já deve ter passado por um momento de taquicardia, quando seus batimentos estão acelerados, isso pode ocorrer quando a pessoa leva um susto, está ansiosa ou praticou exercícios físicos intensos, essas são algumas situações e é uma resposta normal do organismo. Porém a taquicardia é um tipo de arritmia cardíaca pode ser danosa e necessitar de tratamento médico. Caracterizada por um batimento acelerado do coração, em geral o ritmo de batidas de um coração é de 60 a 100 por minutos, quando aumenta essa frequência o coração não é capaz de bombear de forma eficiente o sangue para o corpo.

Tipos de taquicardia

A doença pode ser classificada em três tipos:

  • Sinusal: é quando se origina no nó sinusal, referente ao marca-passo natural do coração;
  • Atrial: é quando ela se origina no átrio, localizada na parte superior;
  • Ventricular: é quando se origina nas câmaras cardíacas inferiores.

Causas

A taquicardia pode ser uma reação normal do corpo e passageira. Há muitas causas que podem levar a doença, sendo por problemas cardíacos ou não. (Doenças cardiovasculares, leia aqui).

I- Causas Cardiológicas

  • Arritmias
  • Doenças no miocárdio
  • Doenças nas válvulas do coração
  • Angina
  • Insuficiência Cardíaca
  • Doenças Congênitas
  • Doença arterial coronariana
  • Tumores ou infecções

II- Causas não cardiológicas

  • Hipertensão
  • Febre
  • Sustos
  • Ansiedade
  • Estresse emocional
  • Tireoide
  • Ataques de pânico ou fobias
  • Elevado consumo de bebidas alcoólicas ou cafeinadas
  • Tabagismo
  • Dor intensa
  • Queda de pressão arterial
  • Elevação de pressão arterial, etc.

Bom essas são algumas das possíveis causas que podem levar a um quadro de taquicardia.

Sintomas

Os sintomas principais são as palpitações cardíacas e batimento cardíaco acelerado que podem vir acompanhados de:

  • Falta de ar
  • Desmaios
  • Fraqueza
  • Tonturas e vertigens
  • Cansaço
  • Atordoamento

Ao sentir algum desses sintomas o paciente deve procurar o cardiologista especialista em arritmologia, para diagnosticar e tratar a doença. Pois alguns fatores de risco podem aumentar as chances de desenvolver a taquicardia, como: doença pulmonar crônica, ataque cardíaco, doença arterial coronariana e insuficiência cardíaca.

Diagnóstico

O diagnóstico de taquicardia deve ser realizado por um cardiologista. O especialista identificará através de exames clínicos e avaliação do paciente a causa e o tipo da doença. Sendo assim o médico recomendara qual o melhor tratamento para cada situação.

Tratamento

O tratamento da doença varia de acordo com os sintomas, tipos e causas. O médico indicará qual a melhor maneira de tratar a taquicardia. Os tratamentos vão de uso de medicamentos à cirurgia, pode também ser tratada com:

Clínica RitmoVale

Aqui na Clínica RitmoVale, você conta com médicos cardiologistas especialistas em arritmologia aptos e com expertise para tratar doenças cardiovasculares. Uma equipe altamente qualificada e preparada para diagnosticar e resolver problemas de arritmia. Agende sua consulta!